Desafio Literário 24/12: Literatura Nacional

Como vocês já devem ter visto no sidebar à sua direita, eu estou participando do Desafio Literário 24/12 do blog da Paulo - Sombra do Vento - que me propus a participar. Mas não sei se vocês lembrar que só quis participar se fizesse do meu jeito, de modo livre, sem regras e obrigações.
Para o mês de Janeiro escolhi o tema: Literatura Nacional. E arranquei da minha estante o livro da Drica Pinotti, A Pílula do Amor. Vamos conferir a resenha






Título: A Pílula do Amor
Autora: Drica Pinotti
Editora: Prumo
N° de Páginas: 280

"Esta poderia ser mais uma daquelas histórias em que a protagonista está na faixa dos 30 anos, é bonita, descolada, tem um emprego legal, uma mãe meio rebelde e sonha com um grande amor que de preferência não dê muitos palpites em sua vida. Poderia, se Amanda não contasse com um ingrediente a mais: ela é totalmente, absolutamente, hipocondríaca. Não passa uma semana sem se presentear com uma consulta ao novo especialista da cidade, seja lá qual for a especialidade.
A pílula do amor é um romance sobre neuras, mas sobretudo sobre tolerância. Brian saberá dar a Amanda o remédio de que ela no fundo precisa? E Amanda conseguirá descobrir qual é a verdadeira causa de seu problema e poderá ter uma vida normal e feliz? Descubra a resposta na divertida história de Drica Pinotti, um livro que fará você rir muito, lembrar de pessoas conhecidas e, principalmente, parar para pensar se não está levando as coisas muito a sério."

Comecei a ler A Pílula do Amor achando que antes de eu chegar no segundo capítulo a vida cheia de doenças e reclamações da Amanda iria me fartar e eu ia querer morrer antes disso. Mas não, Drica Pinotti me surpreendeu e muito criando uma personagem descontraida, divertida, surtada por completo mas também que nos envolve - hipondricamente falando.

Amanda utiliza as enfermidades como terapia, como fuga para seus problema. Já acorda achando que vai morrer em poucos minutos. Aos poucos vamos nos acostumando com seus checklist de sintomas, seus devaneios absurdos de doenças que poderiam levá-la à óbito e sua agenda com todos os telefones dos melhores médicos atualizade de A a Z; e eu nem vou comentar sobre as vontades dela de andar pelas ruas com máscara para não contrair nenhum doença - porque senão seria demais não é? Se enganou, nada é demais para Amanda Loeb.

Umas das coisas que eu adorei nesse livro, foi que a protagonista é muito consciente do problema que tem. Em nenhum momento ela diz coisas como "Eu sou hiponcôndrica? Não, você deve estar enganado!". Caro leitor, você não vai encontrar nenhum citação do tipo. Ela tem problemas e sabe completamente disso; Amanda deixa isso muito claro logo no primeiro capítulo. E isso torna tudo ainda mais engraçado. Ela começa dizendo coisas totalmente simples mas que faz você rir e nunca mais querer parar. Minha mãe achou que eu fosse precisar ir para um hospital porque eu não conseguia parar de rir e estava ficando sem ar. Quando eu cheguei no capítulo 4... gente, vocês não tem noção do que é essa mulher indo à depiladora por influência da amiga... simplesmente hilário!

Li as resenhas de algumas blogueiras dizendo que passaram vergonha ao ler o livro em lugares públicos, e achei que isso seria uma excessão para mim. Mas não foi ao caso. Faltava apenas três capítulos para eu terminar, e inventei de ir no shopping - vou desabafar aqui dizendo que fui sozinha porque minhas amigas me abandonaram, e por isso tive tempo de ir lendo - e não me contive quando essa a surtada teve uns dos últimos ataques hipocôndricos na frente do namorado. Tipo assim, quando você acha que ela acabou com o estoque de situações irremediáveis, ela vem com mais. E vou adiantar que foi o mais engraçado de todos que ela teve, eu não me aguentei e me acabei de rir dentro do transporte público, não deu, foi muitoooo mais forte que eu. Só de lembrar de algumas pessoas olhando para a minha cara, eu já começo a rir denovo...

Entretanto, Amanda não é apenas uma maluca hipocondríaca, ela é uma garota sensível e otimista que, com seu jeito de ser, vai fazer de tudo para resolver seu problema com as doenças e encontrar o amor da sua vida, talvez o grande remédio para seus problemas. Seu maior sonho é casar com um jovem médico que possa completar seu coração e também cuidar de suas supostas doenças... A parte romântica do livro é muito fofo, faz você torcer para que ela encontre a solução dos seus problemas; o final que a Drica deu para ela foi muitooooo lindo, suspirei de montão.

De muitas formas eu me vi na Amanda. Calma! eu não sou hipocôndrica, mas como sou dramática demais já me coloquei em algumas situações bem diferentes. Lembrei de uma vez que fiquei neurôtica por ver um episódio do Dr. House que falava de uma mulher que tinha um verme alojado no músculo da perna por causa de presunto (na primeira temporada, só não lembro direito qual o episódio, vou procurar); tipo eu pirei porque adoro carré e presunto com pão... foi hilário... eu tive que ir no mercado naquela mesma semana e não trouxe quase nada do que eu gostava. Eu sou maluca! Mas depois de um tempinho passou.

A diagramação, a revisão, a criação de capa, a produção gráfica contribuiu para que o livro ficasse perfeito. Os raminhos que encontramos em cada capítulo e também no final de cada página foi de uma sutileza, que fez o livro ficar melhor do que já era. Esse é o primeiro livro da Editora Prumo que eu leio e foi muito bom. Meus parabéns! Se todos os livros forem tão bom quanto esse, eu quero!

Recomendadíssimo!!!!

Para comemorar o melhor livro de Janeiro, hoje vai rolar uma promoção com 8 marcadores variados para quem comentar na resenha de A Pílula do Amor. Mas tem regrinhas:

1) Ser seguidor do blog
2) Comentar na resenha. Mas comentário com conteúdo tá gente, nada de "Resenha legal!", "Eu quero esse livro"; tem que mostrar que leu a resenha.
3) Preencher corretamente o formulário abaixo.
4) Resultado dia: 06 de fevereiro



Boa sorte a todos!

What Happened To Goodbye - Sarah Dessen

Oie gente!! Como vocês estão?

Hoje infelizmente é o último domingo da Campanha Sarah Dessen... é gente, as resenhas acabaram. Mas por enquanto tá!
A Dayse trouxe uma super surpresa para quem ficou viciado na Sarah por causa da Campanha, e para aqueles que já a curtiam antes disso. Vamos ver o que é??

"Vou falar o pouco que sei do próximo livro da Sarah – “What Happened To Goodbye”:

Por causa da política da Sarah de não falar muito dos livros dela enquanto ela os escreve, eu sei pouquíssimo do próximo lançamento. Mas a capa é linda, não é?

Aqui está o resumo patético (que me deixou mais curiosa ainda) do Goodreads:

What Happened to Goodbye é sobre uma menina no último ano do Ensino Médio, que após o divórcio de seus pais já se acostumou em assumir uma nova identidade em cada cidade em que ela vive.

SIM. EU JURO PRA VOCÊS QUE SÓ FALA ISSO.

Mas, vocês têm muita sorte de ter a mim, uma pessoa que é doente em acompanhar o blog da Sarah, então eu sei mais um tantinho. Ela colocou o resumo que fica atrás do livro por lá, dá uma olhada:

Outra cidade. Outra escola. Outra Mclean. Desde o amargo divórcio de seus pais, Mclean e seu pai vêm fugindo desse infeliz passado. E Mclean virou uma profissional em se reinventar a cada movimento. Mas em Lakeview, Mclean se encontra criando raízes e fazendo amigos – em parte, graças ao Dave, a pessoa mais real que Mclean já conheceu. Dave pode estar se apaixonando por ela, mas será que ele pode ver quer ela realmente é? Será que a própria Mclean sabe?


Além disso, ela colocou pequenas dicas aleatórias, como basquete e restaurantes. E acrônimos. E AINDA O RETORNO DE ROSTOS E LUGARES QUE A GENTE VIU EM LIVROS PASSADOS!!! (estou com dedos cruzados pelo Jason que aparece em The Truth About Forever e Along For The Ride. Meu sonho é que ele encontre alguém que o entenda, coitado, e não desista dele). Esses dias ela postou o primeiro capítulo no blog dela. É só o primeiro capítulo, entao não revela muita coisa, só que a escrita dela continua linda e eu já odeio a mãe dela e acho que o tal do Dave já apareceu, se bem que não tenho certeza absoluta, porque nenhum nome foi mencionado por enquanto. Mas acho que é o Dave sim e eu já estou apaixonada.

E por enquanto é isso. O livro lança 10 de Maio e eu já comprei o meu, porque caso vocês ainda não tenham percebido, eu sou um pouco que viciada na Sarah. E se tudo acontecer como eu planejei em meu magnifico plano de dominação do mundo, logo vocês também serão.

Gente, é aqui que eu me despeço, por enquanto. Foi uma prazer escrever sobre a Sarah e conhecer a Lisse e outras meninas que comentaram ou resenharam. Fiquei muito feliz com os elogios que vocês fizeram, apesar de eu ter sérios problemas de auto-estima e só com anos de terapia que eu serei capaz de ousar em tentar acreditar neles. Mas mesmo assim, me diverti pacas, matei meu tédio e li um livro da Sarah traduzido! Acho que foi uma campanha e tanto, vocês não? Então até mais, continuem lendo e procurando autores novos para serem traduzidos. Vocês não vão se arrepender!

Beijos grandes,

Dayse D.

Vou confessar que a resenha da Dayse me deixou muito feliz e muito triste. Triste por ser a última (bem, por enquanto, só até ela ler o livro e voltar aqui para contar o que achou para agente!) e triste por que vou sentir muitas falta de todas as minhas lindas colaboradoras.

Um agradecimento muito especial à: Nii, Yasmin, Giu, Dayse e Bárbara. Muito obrigada meninas, sem vocês nada disso teria acontecido.

Meme de Um Mês: Dia 30


Dia 30. Quais livros você está lendo agora?


É gente, e hoje o meme acaba! Espero que vocês tenham curtido minhas respostas e também tenha contribuido para gostarem de alguma coisa e servir como indicação. Meu muito obrigada àqueles que comentaram, foi muito importante para mim. E um agradecimento especial à Happy Batatinha que é a dona desse meme.

Estou lendo Halo. Não quero falar muito do livro aqui não, pois sempre me delongo demais. Só vou dizer que estou gostando muito, e que é super fofo. Não estou achando chato como algumas pessoas disseram. Estou no capítulo 15 na página 205 e curtindo cada parágrafo.

E você qual livro está lendo??

Meus Presentinhos #10

Oie pessoas, tudo bom?

Hoje vim com a seção Meus Presentinhos para uma última edição. Vou explicar porque será a última. Como ando tendo muitas ideias para o blog e tudo o mais, vou incluir essa seção no Essa Semana. Nem toda semana eu tenho coisas para mostrar como Caixa de Correio, visto que não tenho parceria com editoras e nem toda semana dá para comprar um livrinho nova, então estou incluindo essa seção em outra. Espero que entendam...

 A fofa da Mari Frioli do A Leitora me mandou dois marcadores do blog dela e um bilhetinho muito fofo em agradecimento por ter participado do Amigo Literário. Nem precisava! Adorei conhecê-la fofuxa.
A Larissa Siriani mandou para mim um marcador do livro dela Toda Garota Quer. Muito obrigada!

 Eu e a Rê do Ler & Almejar trocamos uns marcadores. Ela foi super atenciosa comigo e foi ótimo conhecê-la.

Recebi também dois marcadores do blog da Luana - Partes de um Diário - por ter participado do Book Tour de Estrela Píer. Obrigada amore, nem imaginava que fosse receber esses mimos.  


A primeira foto à sua esquerda foi uns livros que peguei emprestado: Halo (que já estou lendo) e Noites de Tormenta com meu amigo Chris, e Pollyanna com minha best Bê.
A outra foto à direita foi o livro que troquei com a Bárbara no skoob. Báh eu ameiiiiii! Thanks!

Abaixo à sua esquerda foram os livros que eu comprei nesse mês de Janeiro. Desculpa Quero Me Casar Contigo... eeeeehhhhhh... S2 Alex & Nikki, Diário De Uma Paixão e Sushi.
Abaixo à sua direita é O Oposto do Amor que troquei com a Camila no skoob. Obrigada o livro é lindo!

Foi isso gente! Espero que tenham gostado. E na semana que vem tem Essa Semana... com todas as novidades do que estou lendo, do que chegou, quais livros li, o que rolou de interessante aqui no LFM. 

E o correio deixou alguma coisa boa na sua caixinha essa semana? Comenta aí...

Eu Vi: Cartas para Julieta

Ficha Técnica:

Título Original: Letters to Juliet
Elenco: Amanda Seyfried, Gael García Bernal, Vanessa Redgrave, Christopher Egan, Daniel Baldock, Ashley Lilley, Franco Nero, Anna Kuchma
Produção: Ellen Barkin, Mark Canton, Eric Feig, Caroline Kaplan, Patrick Wachsberger
Diretor: Gary Winick
Roteiro: Jose Rivera, Tim Sullivan
Fotografia: Marco Pontecorvo
Trilha Sonora: Andrea Guerra
Duração: 105 min.
Ano: 2010
País: EUA
Gênero: Romance
Distribuidora: Paris Filmes
Estúdio: Summit Entertainment / Applehead Pictures
Classificação: 10 anos

"Sophie (Amanda Seyfried) uma garota americana que vai passar as férias na Itália descobre uma não-respondida carta para Juliet uma das milhares de longas cartas deixadas por um personagem de ficcção conhecido como amante de Verona que normalmente são mais respondidas pelas secretárias de Juliet. A garota então sai em busca dos amantes destas cartas."
Muitos ingredientes me fizeram voar na locadora para ver esse filme. Quando botamos juntos: Shakespeare e muitas cartas, tudo fica mais bonito.
 
O filme conta parte da vida de Sophie (Amanda Seyfried), uma nova-iorquina responsável por checar informações para um jornal, mas que sonha em escrever suas próprias histórias para o periódico. Ao lado do noivo latino Victor (Gael Garcia Bernal), ela parte em uma viagem de férias para Verona, Itália, em busca de uma romântica pré-lua-de-mel. É exatamente nesta cidade que a protagonista do livro mais romântico de Shakespeare foi criada e é nela também que Sophie encontra as secretárias de Julieta, um grupo de mulheres contratadas pela Prefeitura, responsáveis por manterem o mito vivo, respondendo às inúmeras cartas amorosas deixadas por moças de todos os lugares do mundo.

Ela acaba achando uma carta deixada há 50 anos por uma apaixonada jovem inglesa incapaz de levar seu amor além. Decide, então, respondê-la e recebe, poucos dias depois, a visita da agora velha, mas ainda esperançosa Claire (Vanessa Redgrave). Acompanhadas de Charlie (Christopher Egan), neto de Claire, elas saem em direção a Toscana em busca do encontro separado por meio século, com o amado Lorenzo. A viagem, porém, desencadeará mudanças na vida de todos eles.



As paisagens são encantadoras. Um tour por Verona que faz o expectador quer ir para lá no mesmo momento. Quando Sophie chega na cidade e encontra a Casa da Julieta, eu fiquei tipo "ah?" porque a pessoa aqui não sabia que existia. E o mural onde as jovens apaixonadas colocam seus pedidos de ajuda para a Julieta foi de partir meu coração (foto acima). Achei  muito fofo... eu com certeza colocaria um recadinho lá!

“Cartas para Julieta” foi muito melhor do que eu achei que fosse. Além de romântico, ainda dá esperança para aqueles que pensam que não podem mais amar. Li péssimas críticas sobre esse filme, e achei que todos forma extremamente errados!! (Eu não sempre digo que agente tem que ver por si mesmo, independente da opinião dos outros? Eu tenho razão!) Mas o filme não foi todo perfeito para mim.

Uma decepção foi o Charles. E fiquei muito triste pois esperava mais da personalidade do personagem que os roteiristas deram para ele. Quando você ouve falar de um inglês - apesar de várias pessoas falarem que são frios e tudo - mas diante das circunstâncias, eu esperava que ele fosse mais maleável. A vó está passando por uma situação difícil, e espera por apoio e ajuda, e ele é totalmente insensível.

Como a Sophie conhece as secretárias da Julieta também foi um encanto, pois eu nem fazia ideia de que elas existiam. Sabia que tinha "A Casa da Julieta" onde as pessoas iam para tocar o seu seio pois isso dava sorte no amor; mas que as mesmas deixavam bilhetinhos pedindo ajuda e tal, isso eu desconhecia. E achei esse trabalho incrível!! Eu gostaria de ser uma delas. Dá esperança e consolo para os que sofrem de um coração partido é a coisa mais fofa que existe. (Não liguem não, eu sou uma romântica e minha doença não tem cura!)

Uma das coisas que eu também não sabia é que tem um livro com a capa do filme. Fiquei sabendo quando a Juh Oliveto fez uma resenha sobre o livro que foi muito fofo. Como eu não comprei o livro, vou deixar o link aqui do post do Livros & Bolinhos para quem quiser conferir. Vale à pena!
 
"Quero acreditar que, se um dia eu sentisse esse amor teria coragem de agarrá-lo." 
  • Trilha Sonora:

Não curti muito a trilha sonora. Sempre é uma das minhas partes favoritas, e se não fosse a música da Taylor Swift - "Love Story" - seria um fracasso. Eu adoro essa música...
 

 
Espero que você, caro leitor, também  goste muito do filme! Se gostou deixe sua opinião aqui e se não gostou também...

Meme de Um Mês: Dia 29


Dia 29. Um escritor que você gosta e outro que você detesta

Um escritor que eu gosto essa é bem fácil. Sem dúvidas nenhum Nicholas Sparks!!!
Meu primeiro contato com ele foi com o filme Um Amor Para Recordar e depois disso foi amor à primeira vista, e nunca mais larguei.
Já li Um Ano Inesquecível, Querido John e A Última Música. Noites de Tormenta e Diário da nossa paixão está na fila de espera...

Odiar é uma palavra muito forte, e não odeio ninguém e nada! Não tenho nenhum escrito que tenha me decepcionado para colocá-lo aqui no hall dos que eu detesto ou menos gosto.

Até amanhã!

XOXO, da Lisse

Ao Vivo no blog!

Olá meninas!!
Desculpa se tem algum menino lendo essa postagem mas essa postagem é para toda mulher que se sente (e é!!!!) poderosa.

Hoje vou começar uma nova seção aqui no blog chamada Ao Vivo no Blog!, onde vou mostrar um video musical ao vivo. Já estava com essa ideia há algum tempinho mas não conseguia colocar em prática.

E não poderia começar diferente sem ser com a Toda Poderosa/Diva/Sexy Beyoncé. Na semana passada comprei o novo DVD dela: I Am... World Tour e me acabei de tanto dançar e curtir com essa maluca maravilhosa. Sou viciada nela desde que entrou para o grupo Destiny Child.

Esse novo dvd contém cenas dos shows do Rio de Janeiro e São Paulo. Foi muita loucura! Ela é realmente um furação.

E selecionei duas das minhas canções favoritas (que eu sei dançar e tudo!! Adoro dançar!): Freakum Dress e Get Me Bodied. Se você nunca assistiu essas duas músicas, arraste o sofá, coloque-se de pé e dançe!! E porque falei das meninas? Para vocês girls, a Beyoncé tem uns dançarinos maravilhosos de muito gatos e saradíssimos. Babem!!!



Gostaram?? Quer mais? Se a resposta for sim, tem mais. Clique aqui e veja Upgrade U e VideoPhone, outra sensacional coreografia!

Espero que tenham curtido a nova seção. E se você tiver alguma música ao vivo para sugerir deixe um comentário, que a sua opinião será leva em consideração.

XOXO, da Lisse

Meme de Um Mês: Dia 28


Dia 28. Um livro que você gostaria de ler mas que por algum motivo nunca leu

Denovo vou falar da Jane Austen. Eu quase não gosto dela como vocês já devem ter percebido, né? kkk
Eu queria muito ler Emma desde que vi o seriado, mas ainda não o fiz por que o livro que eu quero ler é muitoooooo caro para o bolsinho falido. A Editora Landmarck cobra quase R$50 nesse livro, e é um rombo no meu orçamento!!!! Apesar de ser uma edição bilingue...

"EMMA é um dos grandes romances de Jane Austen, publicado pela primeira vez em dezembro de 1815. A protagonista da história é a primeira heroina criada por Jane Austen sem problemas financeiros, sendo que a mesma declara que isto é uma das razões de ela não estar preocupada em se casar.


Emma Woodhouse é uma mulher linda, intelectual e de espírito elevado, com quase 21 anos. Sua mãe faleceu quando ela ainda era muito jovem e ela assumiu o papel da administradora da casa desde então, já que sua irmã mais velha se casou. De certa forma, ela é muito madura para a sua idade, apesar de cometer sérios erros. Mesmo jurando que nunca se casaria, encontra diversão em arrumar casamentos para os outros. Aparentemente incapaz de se apaixonar, é através do ciúme que ela descobre seu amor pelo Sr. Knightley.


Em contraste às demais heroínas do universo austeano, Emma parece estar imune à sexualidade e à atração romântica. Diferentemente de Marianne Dashwood, que é atraída pelo homem errado antes de ela encontrar o certo, Emma não demonstra nenhum interesse romântico pelos homens que ela vem a conhecer. Ela se surpreende quando Mr. Elton se declara a ela, de certa maneira nos mesmos moldes de Elizabeth Bennet, ao reagir à declaração de Mr Darcy. Notavelmente, Emma não consegue entender a afeição existente entre Harriet Smith e Robert Martin; e é somente após Harriet lhe revelar o seu interesse por Mr. Knightley que Emma se descobre ciente de seus próprios sentimentos."

Até amanhã!!

XOXO, da Lisse

Meme Literário #5

Meme Literário hospedado pela Mari do A Leitora, onde, onde quinzenalmente haverá uma postagem com perguntas e respostas sobre assuntos ligados ao mundo literário.


O assunto dessa vez é Adaptações. Então vamos lá!

1) Qual a melhor adaptação de livro para o cinema?
Apesar de ter sido mudado muita coisa, eu gostei muito (chorei muito por meses) de Um Amor Para Recordar. Achei incrível também a série da Irmandade do Jeans Viajantes da Ann Brashares.


2) Qual a pior adaptação de livro para o cinema?
Eu gostei muito das primeiras vezes que assisti Crepúsculo, mas depois achei o filme muito ruim.... tanto até que joguei meu dvd fora.


3) Você acompanha algum seriado baseado em livros?
Sim. Gossip Girl e Pretty Little Liars. Adoro todas. E já assisti outros seriados que já foram cancelados.


4) Qual livro você gostaria de ver nas telinhas?
Outros filmes ou seriados da Jane Austen. Desde que eu assisti Emma estou viciada. Quero mais!!

XOXO, da Lisse

Meme de Um Mês: Dia 27


Dia 27. Um livro tem que ter _____  para você ler

Um livro para que se torne mais interessante para mim, e que com certeza com esse ingrediente eu vou devorá-lo muito rápido é: muito romance!!

Para mim, esse é um ingrediente essencial. Não que outros livros que não o contenham seja menos interessante ou ruim. Não! Longe disso. Mas esse é minha paixão, o que torna tudo mais bonito. Ah, um bom drama que me faça morrer de tanto chorar também é uma boa pedida. hehehe

Até amanhã!

XOXO, da Lisse

Meme de Um Mês: Dia 26


Dia 26. Um livro que você gostaria de ter escrito


Sem dúvidas nenhum Persuasão da Jane Austen. Melhor que isso, eu gostaria de ter escrito todos os livros dela. A mulher era um gênio, uma artista, impecável! Eu gostaria de ter escrito também Orgulho e Preconceito. E só não cito outros porque ainda não li todos os livros dela; que com certeza também devem ser perfeitos.

E você, se tiver que escolher um livro para ter o seu nome nele, qual seria??

Até amanhã!

XOXO, da Lisse

My Favorite Movie #2

Ficha Técnica:

Título: Ela Dança, Eu Danço
País: EUA
Gênero: Drama
Classificação Etária: 12 anos
Tempo de Duração: 106 minutos
Ano: 2006
Estúdio/Distrib: Europa Filmes
Direção: Anne Fletcher

Um alerta: Se você acha que todos os filmes de dança são iguais, não leia essa resenha!

A dança está entre uma das minhas paixões. Já não bastava a fixação por filmes e livros, eu ainda tinha que não me conter quando uma música toca.

E assim que vi no shopping pertinho da minha casa esse cartaz eu fiquei louca. E assisti! Não me arrependi mesmo, e é por isso que ele está aqui entre os meus filmes favoritos.

"Tyler Gage é um esperto delinquente juvenil que consegue problemas após destruir, ao lado de sua gangue, um auditório pertencente a uma escola de artes. Condenado a prestar serviços públicos na escola de depredou, ele tenta o máximo que pode afastar-se dos estudantes. Mas ele acaba envolvendo-se pelo mundo das artes e descobre a dança."

Umas das coisas mais bonitas que eu já vi, foi a união de dança clássica e street dance. Eu já tinha visto isso em filmes como "No Balanço do Amor", mas Step Up foi mais além, foi bonito, foi clássico, e sem deixar tudo monótono.

Admito que a presença de Channing Tatum nunca ia fazer esse filme ficar chato, com seus 1,85m (uouuuuu!) por que ele é um gato né meninas?? Mas vamos parar de falar do maravilhoso do Channing e vamos ao que interessa...

O filme tem um ritmo muito bom, que não te dá sono porque não é chato. Ele te envolve na vida pessoal dos personagens, sem aquele melodrama típico.

Tyler adora dançar, mas só vê isso como diversão. Rouba carros para um traficante local, vive numa casa onde nada dá certo, e acaba entrando em uma confusão que o leva para a MSA, uma Escola de Artes do seu bairro. É condenado a prestar serviços públicos na escola que depredou, ele tenta ao máximo afastar-se dos estudantes.

Acaba envolvendo-se pelo mundo das artes e descobre a dança além do hip-hop, um mundo desconhecido mas que o atrai; ainda mais depois que conhece Nora, uma dançarina muito apaixonada pelo que faz.

Cenas engraçadas ficam por conta de uma menininha que faz aulas de balé com Nora, muito nervosinha... hehe Além da amiga maluca da Nora, a Lucy, que é muitoooo engraçada, além de uma ótima dançarina (confira no clip abaixo!)


Trilha Sonora:

Eu ainda não me canso de ouvir essa trilha sonora. TUDO!!! Muita gente boa (tirando a Samantha Jade, eca!). Chris Brown, Sean Paul,  Pitbull, Ciara, Alias e outros. Separei esse clip abaixo, que eu adoro com o fofo do Sean Paul. Curtam!


Trailer:



Então é isso gente! Até a próxima!

XOXO, da Lisse

Meme de Um Mês: Dia 25


Dia 25. Cite 5 livros que estão na sua pilha de "Vou Ler"

Ihhh acho que posso escolher uns 50 que estão me esperando... hehe mas posso escolher 5 sim, e bem fácil!

Olha eles aí embaixo:




 


Até amanhã!

XOXO, da Lisse

Meme de Um Mês: Dia 24


Dia 24. Uma citação de um livro que você gosta

Ahhh, gente, ninguém merece ter que escolher umja citação entre os meus 86 livros lidos. Isso é péssimo. Mas como não tem jeito né... lá vamos nós!

Depois de tanto pensar e revisar, eu escolhi Para Sempre de Azul da série A Irmandade do Jeans Viajante, que eu adoro.

Para vocês compreenderem melhor um pouquinho do que se passa. Lena foi meio que abandona por Kostos e ele volta pedindo perdão.

"- Seja como for tenho namorado. Seu timing é horrível. Não que isso tenha importância...
Na mentira havia algo de horrendamente libertador. Experiência que ela jamais conhecera.
Ele comprimiu os lábios. Encolheu-se. Era preciso muito para fazê-lo duvidar.
Parte dela queria que ficasse zangado, se mostrasse mau e desleal como ela. Seria capaz?
Ela queria um inferno. Tão cuidadosamente preservara o amor em sua mente todos aqueles anos! Agora, no entanto, queria queimar tudo. Quebrar, queimar, destruir, acabar cada detalhe."

Espero que tenham gostado. E você, qual é sua citação preferida??

Até amanhã!

XOXO, da Lisse

Along For The Ride - Sarah Dessen

Olá, pessoal! Bom dia!

Ai gente, agora vai ser uma tristeza vir aqui e dizer que está quase acabando... sniff!
E desse domingão de sol no Rio de Janeiro, vou deixar essa resenha por conta da Dayse, que está em Goiânia. Como tá o tempo aí, amiga?? É com você...

Então, gente. Cá estamos nós, com a última resenha. Pelo menos por enquanto (novo livro da Sarah em maio, oh yes!). Mas por enquanto, vamos falar de Along For The Ride.

Pra quem já está familiarizado com o jeito que a Sarah Dessen trabalha, Along For The Ride é um livro um pouco diferente. E tudo começa com o jeito que ele começou (hihi, essa frase ficou engraçada).

A Sarah não costuma lançar livros com pouco espaço de tempo entre eles. Geralmente são dois anos de um livro pro outro, exatamente por causa de todo aquele processo complicado de escrever livros que eu ela já nos contou antes. Temos Keeping The Moon e Dreamland como exceções na lista, que foram lançados apenas um ano depois do lançamento anterior.

Mas ninguém, NINGUÉM estava esperando que a Sarah voltasse a escrever tão cedo depois do lançamento de Lock & Key, porque ela tinha acabado de ter a filhinha dela. Então quando ela nos contou no blog dela que estava terminando de escrever um livro novo, todo mundo ficou em choque falando coisas do tipo “MEODEOS, NÃO ACREDITO. VOCÊ ABANDONOU SUA FILHA?!” etc etc.

Daí a Sarah escreveu um post explicando tudo. Acontece que depois que a Sasha (a filhinha linda dela) nasceu, é claro que a Sarah não teve muito tempo para dormir. E semana após semana ela começou a perceber como o mundo de madrugada é COMPLETAMENTE diferente do mundo que ela conhecia, o mundo do dia. Ela olhava pela janela e via pessoas que nunca tinha visto antes (o que é difícil pra uma cidade relativamente pequena como a dela), e ela ia mexer na internet e encontrava pessoas que ela nunca tinha encontrado antes. Foi quando ela começou a pensar em todas as pessoas que escolhem viver a vida durante a noite e dormir durante o dia e como o mundo é diferente pelos olhos deles. E desse jeito a história da Auden foi se formando.

Faz muito tempo que Auden dorme a noite. Desde o divórcio de seus pais – ou desde que as brigas começaram. Agora ela tem uma chance de passar um verão tranquilo com seu pai e sua nova família na charmosa cidade litorânea que eles vivem.


Um trabalho em uma loja de roupas apresenta a Auden um mundo de garotas: suas conversas, amizades, paixonite. Ela perdeu tudo isso, ocupada demais sendo a filha perfeita pra sua mãe exigente. Então ela conhece o Eli, um solitário intrigante que companheiro na insônia que se torna seu guia pra vida noturna da cidade. Juntos eles embarcam em missões paralelas: para Auden, ter um gosto de ter uma vida livre de adolescente que foi negada a ela até então; para Eli, achar um jeito de lidar com a culpa que sente pela morte de um amigo.

Então é. Mais um motivo pra esse livro da Sarah ser um pouco diferente dos outros é porque ele é mais tranquilo. Quer dizer, não vamos nos enganar, essa é a Sarah, então as coisas ainda são intensas, mas diferente dos outros livros, não tem um desastre esperando na esquina. É uma história comum, de uma garota que tem um verão que muda sua vida. Esse é um clichê que nunca vai ficar ridículo, porque férias têm mesmo esse poder e não tente negar. A história da Auden é uma história de amizade e solidão, de se redescobrir, tentar lidar com as mudanças na sua vida, sua família. E ir além das primeiras impressões. E erros. E claro, bicicletas.

Achei lindo a Sarah ter usado ciclistas nesse livro, porque andar de bicicleta é uma coisa tão básica que aprendemos quando crianças, e de um jeito a Auden é uma criança nesse livro, descobrindo um tipo de vida que ela nunca tinha conhecido antes. É uma graça.

E sim sim, o Eli é lindo, naquele sentido torturado de ser, que faz até meninas-machos-sem-paciência-para-melosidades como eu suspirarem. E sim, ele salva a Auden das coisas que a atormentam, mas ao mesmo tempo ela o salva dos fantasmas dele. Um relacionamento de duas vias, exatamente como deve ser. Como nosso amigo Bono diz, “we have to carry each other, carry each other, ooooh”.

Sim, eu acabei de colocar pedaço de uma música do U2 em uma resenha minha. E vocês acharam que não tinha como eu surpreender vocês ainda mais.

Mas enfim, não é meu preferido da Sarah, nem está no meu Top 5 pra falar a verdade, mas é EXCELENTE mesmo assim e vale a tradução. E se não for traduzido, vale você tentar forçar o seu inglês pra dar um lida nele. Assim como todos os outros livros da Sarah que já foram resenhados aqui. Quer dizer, se depois de todas essas semanas com todos os ótimos textos postados, você ainda não foi convencido, então você é uma causa perdida.

Ai gente, que fofo!!! Vou confessar que a capa de Along For The Ride é linda. Quando bati o olho nela pela 1° vez foi amor à primeira vista, e ficou; e devo dizer que a resenha da Dayse não me deixou decepcionada. O livro é lindinho, com um enredo fofo e envolvente.

Não se esqueçam da nossa campanha, hein!! Twittem a frase: "Quero os livros da @sarahdessen publicados no Brasil!! Eu apoio essa ideia... http://migre.me/1SQMk"

Ou então leve esse banner com você, e vamos fazer alguma editora (pode ser a Farol que fez um grande trabalho com Just Listen)





 
Ah, e não esqueçam de comentar!! Semana que vem tem mais...
 
XOXO, da Lisse

Meme de Um Mês: Dia 23


Dia 23. Um personagem irritante


Essa aí é muito fácil!
Sem dúvidas nenhuma a Meg de Souvenir. Eu já fiz resenha (AQUI) e gostei do livro, mas ela faz muita burrada, e não goste de protagonistas burras. Me dão muita raiva!!
Então a elego como uma personagem irritante.

Até amanhã!

XOXO, da Lisse

Esperando Amanhecer...

Hoje quando eu acordei e vim parar aqui algo dentro de mim estava dormindo há muito tempo. Mas infelizmente (ou felizmente como preferir!) o leão adormecido acordou!
Você deve estar pensando "O que essa maluca está falando dessa vez??" Tô falando da Saga Twilight, que hoje me deixou sem dormir. Para quem não sabe, eu sou VICIADA!!! Adoro todos os livros, já vi mais de mil vezes os três filmes produzidos e não estava contando às horas para lançar Amanhecer até alguns minutos atrás, mas agora a conversa já é outra.



Vamos às novidades:

Vamos ter uma premiere aqui no Rio de Janeiro!!! Ehhhh... também né tinha que ser. Depois dos atores virem aqui e serem muito bem recebidos, eles tinham que voltar porque agente merece. E por favor, não esqueçam de trazer o Taylor Lautner (para o meu desespero!!)
A Rio Filmes, juntamente com a Paris Filmes e Telecine confirmam a premiere de Breaking Dawn no Brasil.

Godfrey deixou claro onde o filme será dividido em dois, além de comentar as cenas eróticas da trama - boa parte delas gravadas no Brasil, por Kristen Stewart e Robert Pattinson - e revelar a censura definida para os longas (foto abaixo à esquerda).

"Nós queremos conduzir a plateia pela parte emotiva da jornada de Bella se tornando uma vampira”, disse Wyck. “A primeira parte mostrará o casamento, a lua de mel e o nascimento.

Mesmo com a relação física entre os dois indo bem além do que foi mostrado nos outros três filmes, não vai se tornar um filme erótico. É uma parte legítima e importante do filme - romântica e sensual. O filme acaba logo que ela começa a se transformar. "

Acabou de ser divulgado a primeira imagem de Renesmee, a pequena fiha de Edward e Bella em Amanhecer. A pequena atriz, Mackzenzie Foy, aparece como a menina meio vampira e humana (foto abaixo à direita).

O último filme da saga, que na verdade são dois, mostra finalmente o casamento de Edward e Bella, que ainda é humana e fica grávida do vampiro logo na lua-de-mel, assim sua vida correrá perigo, tanto pelo bebê que está esperando quanto pela sentença dos Volturi.

Quando descobre que ficou grávida a personagem pede ajuda a Rosalie para conseguir ter seu bebê, o que vai contra vontade de todos.





Eu já estou super empolgada e não vejo a hora que chegue logo dia 18 de novembro. E vocês???

XOXO, da Lisse

* Fonte: Pipoca

Meme de Um Mês: Dia 22



Dia 22. Um casal literário favorito

Ah essa é uma parte difícil. Tem tantos... eu fico entre Edward & Bella (da Saga Twilight) e Landon & Jamie (do Nicholas Sparks).

São casais fofos. Quem nunca pensou em ter um homem tão romântico como o Edward para amá-la intensamente?? Quem nunca sonhou em amar um bad boy e conseguir transformá-lo??

As duas histórias são completamente diferentes mas para mim, são tão importante quanto! Não sei de onde sai tanto romantismo que existe dentro da minha cabeça, mas fazer o que né... Às vezes gostaria de ser fria e calculista mas não dá!

Até amanhã!

XOXO, da Lisse

Meme de Um Mês: Dia 21



Dia 21 - Um livro Guilty Pleasure

Quando vi o que era o dia de hoje eu pensei "Que diabos é Guilty Pleasure??!!", aí lá fui eu pesquisar o que era com meu inglês fureca. Significa: Prazer culposo, ou aquilo que você gosta mas tem vergonha de dizer que gosta ou tem pavor de que alguém descubra.

Então, aqui está!!

Meu prazer mais que culposo são romances históricos. Não tenho vergonha deles... tá admito, antes eu tinha mas agora não! Desde os meus 14 anos sempre li livros de banca, e eles tem um quê de melosos que eu gosto. Sempre uma mocinha muito apaixonada pelo bonitão da cidade, mas esse bonitão não dá a mínima para ela, mas quando o faz cai aos seus pés e seu amor é infinito. Isso não é lindo?? P.S: EU ADORO!!

E o que muita gente ainda não sabe é que tem muitas editoras grandes publicando livros assim, como a Editora Essência que é mestre neste estilo de livro que é chamado de Romance Histórico. Como por exemplo: Muito Mais Que Uma Princesa, Rosas de Inverno, Na Escuridão da Noite, Aprendendo a Seduzir e Sedução.

Até amanhã!

XOXO, da Lisse

Release: De Corpo e Alma + Evento

Oi pessoal, bom dia!!!

Alguns que vem sempre aqui, sabem que sou muito participativa em lançamentos nacionais. Desde que me infiltrei em apoiar os autores nacionais, não tenho me decepcionado. E hoje vou apresentar a todos o mais novo lançamento de Willian Nascimento, que eu vou ter que colocar na minha lista no Skoob.

Willian é carioca, nasceu em 1988. Atualmente estuda História na Universidade Federal do Rio de Janeiro e Escreve livros de Ficção Fantástica. Entre seus trabalhos estão: a saga "O Véu": Volumes 1 e 2, ambos encontram-se em seu blog - Por Detrás do Véu - para livre download. Além do livro De Corpo e Alma que vou tratar nesse post, Willian também tem um livro em andamento - "O Salto".

Sua mais nova obra, De Corpo e Alma foi aceita pela Editora Multifoco. Curta um pouco da capa e sinopse...

Título: De Corpo e Alma
Autor: Willian Nascimento
Editora: Multifoco
N° de Páginas: 310

Duas vidas, duas almas, duas histórias, um corpo. Victória agora não está sozinha. Aonde quer que vá, o que quer que faça, ela tem consigo um companheiro que segue seus passos, que ouve seus pensamentos e que faz parte de sua vida. O problema, é que esse companheiro não tem boas intenções e também, é um demônio. A beleza e o mistério de Pierre são tão poderosos e capazes de atrair Victória, quanto sua natureza é capaz de lhe espantar. Medo e desejo, amor e ódio, coragem e loucura começam a andar juntos, quando Victória se lança na busca por saber mais sobre seu indesejável hóspede. E essa experiência vai mostrar-lhe um mundo diferente, um que jamais sonhou. Um lugar onde tudo parece fantástico e terrível ao mesmo tempo. Onde se entregar significa tanto a liberdade quanto a perdição. E onde vai descobrir que tudo é possível, até mesmo se apaixonar por Pierre.



       Twitter do Autor                 Livro No Skoob                Blog do Autor


A resenha que o autor publicou no Skoob me deixou muito curiosa, parece ser uma história bem tocante e romântica - como eu gosto! Querem conferir também?? Então aqui vai...

"Mais uma vez, pretendo fazer uma resenha cujo objetivo não é criar um juízo de valor, mas sim apresentar panoramas gerais sobre a obra, a fim de esclarecer o possível leitor de detalhes que não possam ter sido contemplados na sinopse. Afinal, sendo o eu o autor do livro, não sou o testemunho mais confiável quanto a sua qualidade. (risos)

De Corpo e Alma é um romance criado no mesmo mundo mágico de O Véu, possuindo até mesmo personagens em comum. Contudo, sua história é independente. Aquele que se aventurar a ler toda a minha obra encontrará os pontos de contato que os diferentes livros estabelecem, contudo, aquele que quiser ler apenas um dos lados da história terá ainda assim entendimento completo do enredo, não sendo necessária a leitura de um para a compreensão do outro.

Algumas mudanças de estilo se notam neste novo trabalho. Em primeiro lugar, a narrativa é feita em primeira pessoa, tornando a história centrada em sua personagem principal, Victória. Nesse sentido, temos uma visão muito mais introspectiva da personagem quando ao que acontece a sua volta, e não a narrativa “imparcial” em terceira pessoa característica do “Véu”.

O enredo também se modifica um pouco. A magia e a ação ainda fazem parte, mas o espaço dado ao romance é mais acentuado. Para aqueles que gostam de história de amor, tem grandes chances de curtir “De Corpo e Alma”, cujo enredo é inspirado em trabalhos próprios do Romantismo.

A história gira em torno de Victória, como já foi anunciado, uma mulher que representa grande parte do feminino do Séc. XXI: moderna, independente, vivendo em um mundo em que tem que ser homem e mulher ao mesmo tempo. Sua vida se mostra bastante estabilizada, até que algo completamente inusitado abala suas estruturas.

Acontece que Victória se descobre refém de um inimigo íntimo. Ela foi possuída por Pierre, que passa a coabitar seu corpo e a representar uma ameaça para sua vida e sanidade. Na tentativa de expulsá-lo, ela tem que conhecer mais sobre seu indesejável hóspede, permitindo-se se aproximar dele e se expor a seu mundo caótico e conturbado.

Entretanto, essa experiência deixará suas marcas, gerando um conflito interno e avassalador entre amor e ódio, entre medo e curiosidade, e entre o desejo de se entregar e a necessidade de sobreviver."

O livro ainda conta com um booktrailer. Confira abaixo:


E para quem quiser conferir bem de pertinho esse lançamento, o autor estará na próximo terça,  dia 25 no Espaço Multifoco às 19 horas. O livro custa R$40 e poderá ser comprado no local do evento.



Data: 25 de Janeiro
Horário: 19 horas
Local: Espaço Multifoco na Avenida Men de Sá, 126 - Lapa - Rio de Janeiro

Espero que tenham curtido assim como eu!!

P.S: Willian, muito obrigada por ter me permitido fazer essa divulgação para você. E obrigada por ter tirado minhas dúvidas... Tudo de bom, e muito sucesso no dia 25 e muito mais após isso!

XOXO, da Lisse

Meme de Um Mês: Dia 20



Dia 20. Um final de livro surpreendente

Um dos livros que eu mais gostei de ler no ano passado foi: Aqui é o Melhor Lugar da Cecelia Ahern. Sabe aquele livro que te faz pensar nas coisas? É um livro bem fantasia mas que é tão profundo quanto sua protagonista.
E o final dele para mim foi surpreendente, pois te faz imaginar uma coisa enquanto é outra totalmente diferente. Não vou colocar o trecho inteiro, vou picotá-lo para não falar muito do final, tá!

"Algumas vezes as pessoas podem desaparecer bem diante dos nossos olhos. Às vezes, as pessoas o descobrem mesmo quando estavam olhando para você o tempo todo. Às vezes nos perdemos de vista quando não estamos prestando atenção suficiente... Todos nós nos perdemos de vez em quando, algumas vezes por escolha própria, outras devido a forças além do nosso controle. Quando aprendemos a necessidade de aprendizado da nossa alma, o caminho se apresenta por si só. Algumas vezes enxergamos o caminho, mas vagamos para mais longe e mais adentro sem nos darmos conta... Às vezes encontramos nossa própria saída. Mas, seja como for, sempre somos encontrados."

Até amanhã!

XOXO, da Lisse