Eu Li: I Heart You, You Haunt Me

domingo, março 25, 2012

 
Ai meu deus, o que dizer desse livro?! Com certeza, "I Heart You, You Haunt Me" vai ser um dos mais difícies de resenhar, pois é tão fofo, de uma sutileza indescritível.

Lisa Schroeder fez um trabalho incrível escrevendo esse livro em forma de poemas. Ficou uma gracinha, tanto para ler como na diagramação.

Nele encontramos a trágica história da "garota-encontra-garoto, e garota-perde-garoto e fica deprimida". Mas falar isso seria muito pouco porque os sentimentos da Ava são tão intensos e descritos de um modo tão triste, que te deixa triste também, como se tudo tivesse acontecendo agora e com você. Pelo menos foi isso que eu senti. E tenho a certeza que se eu lesse esse livro daqui há alguns meses sentiria a mesma coisa, a tristeza de Ava por estar perdendo Jackson.

O livro não tem capítulos mas tem títulos em cada poema, e é através deles que Ava nos conta a felicidade de ter conhecido Jackson e como ele se tornou tão especial e único na sua vida.
"“Eu amo preto,” eu disse.
“Combina comigo.”
“Eu combino com você,” ele disse."
O drama que ronda tudo não faz nada ser intragável, mas torna cada página muito especial.
Ava também tem amigas muito leais que sempre que possível - e quando ela deixa - estão presentes. Cali, Zoe e Jessa sabem exatamente como sua amiga se sente e fazem o máximo para tornar tudo melhor, na medida do possível, tentando tirá-la de casa, querendo que ela retorne para sua vida "normal". Só que para Ava não existe nada de normal sem Jackson.

"I Heart You, You Haunt Me" fala sobre amar alguém perdidamente, perder tal pessoa, se curar e deixá-la ir. Isso me fez refletir demais na importância de deixar que as pessoas sigam seu caminho mesmo sem agente como companhia. Sei que é triste nos afastar de alguém que amamos ou nos desapegar, porém existe uma imensa grandeza nisso. Pois como Dalai Lama diz: "Dê a quem você ama: asas para voar, raizes para voltar e motivos para ficar". Não como no caso da Ava, que com a morte não tem como a pessoa voltar, mas em como nós podemos sufocar as pessoas com nossos sentimentos mais profundos.

"J ama A
A ama J
Rabiscos que eu fiz
em meu caderno de francês.
Eu estudei as palavras
no caderno roxo
como eu costumava estudar
o rosto de Jackson
quando ele não estava olhando."

 Muito lindo! Super recomendo.

Mais um livro da Sarah Dessen no Brasil: What Happened to Goodbye!

sábado, março 17, 2012




Sabe, um daqueles dias que é tão engraçado, radiante, feliz, sorridente... tudo ao mesmo tempo?
Esse foi meu dia de hoje! E deve ficar marcado pelo resto da vida.
Estava conversando com uma amiga que lê muito pouco por falta de tempo, e a incentivava a usar o pouco tempo que lhe sobra para ler um pouco, mesmo que seja por pouco minutos. E a conversa rendeu...
Conversamos em como a leitura muda você, abre seus olhos para aquilo que nunca viu e então passa a conhecer, ou para aquilo que já conheço mas agoa sob um novo ponto de vista.
E ficamos assim por horas. Até que fiquei sem palavras quando minha amiga me perguntou qual livro mais gostei na vida. Não pude dizer outro sem ser Sarah Dessen. E não tinha mesmo!
Leio muitos gêneros, muitos autores já me fizeram rir, chorar, reclamar, refletir, ficar indignada... mas nenhuma foi tão apaixonante e comovente como a Sarah.

Essa paixão começou há alguns anos quando o filme "Meu Novo Amor"  com a Mandy Moore foi lançado, e através dos extras conheci mais um pouco sobre a Literatura Jovenil e a Sarah fazia parte da entrevista já que o filme era baseado em dois dos seus livros: "That Summer" e "Someone Like You".

Não sei se me entenderão, mas não vou ligar tá! Sabe quando você vê uma pessoa e fala: "Ela tem talento e sabe acrescentar algo"; ela foi isso pra mim!
Mas aí chegou a parte difícil: como ler aquilo que você não entende já que está em outro idioma?
E por muito tempo fiquei só apreciando seus livros por site, e tendo o prazer de ouvir quem já tinha lido me contar o que achou, e vivenciar um pouco disso.

Até que meu dia chegou!!
E nunca mais vou esquecer....

Sarah Dessen é autora de nove outros romances, todos elogiados, inclusive o seu best-seller mais recente na lista do New York Times, A caminho do verão, também publicado pela Editora iD. Os livros de Sarah, traduzidos em 25 idiomas, também aparecem com frequência na lista do ALA (Associação Americana dos Livreiros) Best Books for Young Adults. Seus primeiros dois livros, That Summer e Someone Like You, foram base para o filme How to Deal (Meu novo amor), estrelado por Mandy Moore.
Frequentou a Universidade de North Carolina, em Chapel Hill. Ela vive em Chapel Hill com o marido, Jay, e a filha, Sasha Clementine.

E apartir da 1º quinzena de abril vamos ter mais um aqui no Brail: "What Happened to Goodbye".

Você alguma vez já se sentiu confusa sobre quem realmente é? Já passou por problemas familiares difíceis de superar e pensou que “não ser você mesma” seria a solução?

“Quando se muda muito, você não fica com muitos fios amarrados. Não dá tempo de ter envolvimento com as coisas. É mais simples.”
Então, com certeza esta história vai conquistar você!Outra cidade? Outra escola? Mclean não se importa com isso. Cada nova cidade é a oportunidade de mudar e de tentar ter outra persona. Cada local diferente traz uma oportunidade para ela se reinventar: a garota insolente e alegre, a rainha do drama, a menina disposta a agradar a todos.

Agora, que o milagre foi feito, agradeço a Editora iD por mais um super, hiper, mega lançamento.
O livro já está em Pré-Venda na Saraiva. Corre lá!!






Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!