Eu vi: Te Amarei Para Sempre

sábado, julho 17, 2010

"Henry DeTamble (Eric Bana) conheceu Clare Abshire (Rachel McAdams) quando tinha apenas 6 anos, em um campo perto da casa de seus pais. Logo eles se tornaram grandes amigos, avançando para confidentes e depois amantes. Só que há um problema: o futuro de Clare é o passado de Henry. Ele é um viajante do tempo, devido a uma modificação genética rara que o faz levar a vida sem saber em que época estará. O fato de Henry conhecer o futuro sempre incomodou Clare, mas agora a situação se inverteu. Quando Henry volta no tempo para encontrar Clare aos 6 anos, é ela que, em sua fase adulta, sabe qual será o futuro de seu amado."

Quando eu entrei na locadora achei essa capa muito fofa, esse certamente seria um filme que eu veria, sem dúvida nenhuma. A capa foi muito bem feita, mas para quem pega o filme pela primeira vez e ainda não teve tempo de dar uma olhadinha na internet, não sabe que esse filme é a versão cinematográfica do livro "A Mulher do Viajante do Tempo" de Audrey Niffenegger. 

Eu sinceramente nem desconfiei porque a capa não dá nenhum indício do que seja o filme, e eu odeio ficar lendo sinopse de filmes na contra-capa, geralmente escolho por causa da capa.

Deixando de enrolação e falando do filme. É lindo!! Não tenho outra palavra que o defina melhor que isso. Achei que o livro deixaria a desejar, e olha que eu já li muitas resenhas sobre esse livro. Mas quem ainda tem dúvidas se devo ou não ler o livro, depois de ver o filme, suas dúvidas somem.

Gostei de muitas coisas no filme. Primeiro vale a pena ficar 107 minutos na frente da TV vendo o gatinho do Eric Bana, que já fez muitos outros filmes como Hulk, Falcão Negro em Perigo, emprestou a sua voz para Anchor em Procurando Nemo, Tróia, Monique, Bem-Vindo ao Jogo, A Outra, Star Trek e Tá Rindo Do Quê?. Tem também a linda Rachel McAdams, que é uma das minhas atrizes preferidas, quem já viu Diário da Nossa Paixão sabe do que eu estou falando. A personagem que a interpreta quando criança, a jovem Brooklynn Proulx, é uma gracinha.





Um tema diferente, tocante, que ninguém é capaz de imaginar que será possível. Uma pessoa amar outro além do tempo e espaço. Achei muito diferente do que estamos acostumadas a ver. Sempre alguém que morre, traí, que se sacrifica; mas nada como isso que o diretor Robert Schwentke coloca á nossa frente.

Recomendadíssimo!!

XOXO,

4 comentários:

Beli disse...

Nossa fiquei com vontade ver!!! Adoro romances, e esse título é td!
Que linda capa mesmo desse filme...
Ainda não li o livro, mas parece bem legal... tb quero ler!

Books Lidos disse...

Estou com uma leve duvida mas ja vi esse filme... E se é o que penso, ela sofre bastante e imagina muito alguem que nao pode mais ter. E achei super lindo, mas muito doloroso, sofrido. Se é o filme que acho ser, achei o fim bom e um filme pra ensinar muitas coisas a muita gente. =)

Nanda Meireles disse...

Ai que lindo! Eu quero ver!
Bjs

nasuaestantee disse...

ahh essa mulher ta em tudo SAGIOGHSAO quero ver! to a procura de um filme bom pra ver. alias, vi diario de uma paixao sexta! choreeeeeeeei que nao conseguia mais parar OISAGHGAOSI
deve ser bom esse filme, vou lembrar de baixar um dia desses







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!