Eu li: A Última Música

"Verônica Miller, ou melhor, Ronnie, teve sua vida virada de cabeça para baixo quando seus pais se divorciaram e seu pai se mudou de Nova Iorque para Wilmington Beach. Três anos depois, ela continua zangada e afastada dos pais, especialmente seu pai... Até que sua mãe decide que seria melhor para todo mundo se Ronnie e seu irmão, Jonah, passassem o verão em Wilmington Beach. O pai de Ronnie, pianista e ex-professor, vive uma vida tranquila na cidade de praia, imerso na criação de um vitral para a igreja local. Ronnie rejeita todas as tentativas de aproximação e ameaça voltar para Nova York. Até conhecer Will, o garoto mais popular da cidade. Ronnie começa a apaixonar-se por ele, o que vai lhe proporcionar uma felicidade - e dor - jamais sentida."



Título: A Última Música
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
N° de Págs: 400


Ler esse livro foi uma verdadeira montanha-russa de emoções; desde ódio, à amor, à remorço, à intensos laços de amizade, tudo junto e misturado, uma loucura só!


Começei a leitura achando a Ronnie um pouco chatinha pro meu gosto, toda aquela raiva contida nela, é definitivamente um saco. Mas dou meu braço a torcer porque ela tem uma personalidade forte, o que gostei muito.


Fiquei com muita vontade de cometer um assassinato, vontade grande de matar a Ronnie!! Arghhh!! Como alguém pode ser um anjinho em uns momentos e ser uma peste em outros? Não to entendendo!! Tá certo que um passado deixa marcas difícies de esquecer e às vezes até de superar, mas tratar uma pessoa mal por causa disso? Eu acho o cúmulo do absurdo!


Já o irmãozinho dela, o Jonah, ele é um fofinho... muito simpático e cheio de atitude. Como criança, acho que ele participou pouco do livro, mas em momentos muito importantes ele estava lá, dando sua grande contribuição para a história ficar melhor do que já estava. Demorei muito para "sentir" a personalidade do Will, o que ele realmente queria de verdade, quais eram seus objetivos e vontades. Demorou mas quando consegui, me encantei, ele é um homem que toda jovem se apaixonaria (bom, acho que todas né! pelo menos digo por mim).


Gostei tanto do livro, que tive uma sensação tão boa com ele. Senti falta das minhas aulas de piano/teclado, era algo que eu realmente adorava fazer, e não lembro bem porque parei... tenho que tirar meu teclado das teias de aranha. Quando começa a falar da intensa relação da Ronnie com seu pai, Steve, a gente começa a perceber que tem mais coisas embaixo dos panos do que agente pensava.


Ai gente!! (suspiros)... que livro fofo... amei cada página, cada capítulo. Por falar em capítulo, esse livro foi muito diferente do Querido John e do Um Momento Inesquecível, os quais eu já li. O Nicholas colocou cada capítulo como um personagem da história contando. Os personagens principais são a Ronnie, o Will, o Steve (pai da Ronnie).


Nicholas Sparks não deixa de me surpreender a cada dia, e sem falar nos litros de lágrimas que eu derramei né! acho que encheria um tonel para qualquer um que estivesse sofrendo da seca nordestina. Muito emocionante! Lindo demais. Infelizmente a vida é muito mais do que um simples jogo, mas alguns não entendem isso. Ronnie me conquistou e ver a coragem de Will me dá forças para seguir em frente. Lindo!"


Eu recomendo e muito. Um amor faz uma diferença na vida da pessoa... aiai (mais suspiros!)


P.S: Vou ficar devendo Meu Trecho Favorito porque meu livro está emprestado. Sorry!


XOXO,

Um comentário

Beli disse...

Esse livro é sensacional!!! Adoro, adoro e adoro essa história NS!!! E como eu chorei, mas é linda!!!