Eu li: A Hora da Verdade

sábado, julho 09, 2011

Rafaela e Fabiana Donelly são meia-irmãs, e acabaram de deixar para trás uma vida conturbada e cheia de mistérios. Seu pai, Antônio Donelly, sempre foi um homem rico e super protetor que mantinha as filhas escondidas em sua própria casa desde crianças. Mas agora que cresceram, Rafa e Fabi buscam sua própria liberdade.

Através de uma chantagem emocional com o apoio da mãe, essas meninas conseguem embarcar em uma grande aventura da qual nunca imaginariam viver.

Na fronteira entre o Brasil e o Uruguai encontramos Bella Ciudad. Nessa bela cidade com habitantes amorosos e prestativos, será o refúgio delas, e onde também colidirão com o destino.

Leonardo e Hector Martins são os personagens mais diferentes que já li. Irmãos e muito unidos, porém diferentes em muitos aspectos. Enquanto Hector é o descontraido e brincalhão, Leonardo ou Leo é sério e toma à frente dos negócios da família.

Uma festa casual une essas quatro pessoas: Rafa, Fabi, Hector e Leo. No entanto, nenhuma delas está pronta para a peça que o destino pregaria. Após serem acusadas de coisas que não cometeram, Leo se vê na obrigação de vingar seu povo. Mas para que isso verdadeiramente aconteça ele terá que assumir ser uma pessoa que não é, e ainda por cima deixar de lado a atração que sente por Rafaela.

"A Hora da Verdade" veio ao meu encontro com muitas surpresas. Nem nos meus distantes pensamentos poderia ter imaginado tudo que a autora Neiva Meriele criou nas 142 páginas; e o desfecho então, nem se fala, foi um choque de realidade atrás do outro.

As brigas de Gata & Rato da Rafa e do Leo me renderam bons momentos de risadas, a descontração de Fabi e Hector deu uma pitada de calmaria em meio ao furacão. E não posso esquecer de citar a simpatia que foi "conhecer" a Dona Laura, mãe dos meninos (Oie sogrinha! bjs).

Quote: "Droga, que explosão era aquela? Estava abrindo seu coração com uma pessoa que nem confiava, pior, estava quase confessando que seria capaz de qualquer coisa para tirá-la do meio perigoso em que se encontrava, só de pensar que Rafa poderia estar envolvida com gente fora da lei um arrepio lhe percorria a espinha. Tentou aplacar tais sentimentos mentindo para si mesmo que o que sentia por ela era algo fraternal já que estavam morando na mesma casa... mas tal pensamento era falso demais."

Neiva, muito obrigada por ter inscrito sua obra no BookTour e ter me dado a oportunidade de apreciá-lo. Foi ótimo! Parabéns!

E também não posso esquecer de agradecer ao PerSe por ter criado o BookTour e dar aos blogueiros inscritos a oportunidade de conhecer mais autores nacionais com tanto talento. E por enviar livros de ótima qualidade que estão rodando entre os blogueiros. Parabéns!

Esta resenha faz parte do BookTour do PerSe. Aguarde mais novidades!


8 comentários:

Evellyn disse...

Ah Lisse,
mais uma resenha otima! Eu acho tão bom que tenhamos livros nacionais assim tão legais e surpreendentes! Não devemos em nada para os americanos ^^
Fiquei curiosa para ler, ate mesmo pq adoro essas coisas de te-amo-te-odeio!

bjo
Hey Evellyn!

Aione Simões disse...

Primeiro, parabéns pela resenha!!
Fiquei bem curiosa pra ler o livro, e ele é bem curtinho né? Da pra ler rapidinho ^^
Como a Evellyn disse, muito bom ter livros nacionais nesse nível! E é ótimo descobrir a cada dia um novo!
Beijos!

Adriana Brazil disse...

Oi Lisse!
Puxa que resenha mais fofa! Tive a alegria de ler o livro da Neiva, e me apaixonei pelo Léo e a Rafa, personagens diferentes e que cativam.
A escritora tem muito talento e creio que em breve encontrará seu lugar ao sol, ela merece e sua obra também.

abraço apertado!

bjuuus

PS. tá chegando!! hihi

c8ris disse...

nossa fiquei curiosa pra ler ^^ adoro historias fora do padrão

Caline disse...

Oi Lisse é uma pena eu não ter conseguido participar desse booktour os livros parecem ser bons demais. Adorei sua resenha e fiquei muito curiosa sobre o livro.

Bjs.
Caline (Mundo de Papel)

Neiva Meriele disse...

Lisse que bela surpesa, meu Deus tu não me avisou que já tinha postado a resenha e eu ainda to aqui tentando segurar a emoção. Só tenho a agradecer por ter inscrito teu blog e pelo carinho com que leu o meu "filhinho". Só não gostei de ter chamado a dona Laura de sogra, rum, o Leo é só meu kkk.
Enfim, nossa você foi tão boa com as palavras que vou usar sua resenha como referência. Você foi demais amiga. Beijos, beijos, beijos.

Luana Farias disse...

NOssa eu adorei, deve ser um livro bom adorei.

Bjs

RUDYNALVA disse...

Oi Lisse!
Acabei de receber A hora da verdade e Vida após o amor que me enviou do booktour da Perse.
Logo poderei fazer minha própria resenha.
Agradeço o envio.
Obrigada!
cheirinhos
rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!