Eu li: Como Fui Esquecer Você

segunda-feira, abril 11, 2011



Título: Como Fui Esquecer Você
Autora: Jennifer Echols
Editora: Pandorga
N° de Páginas: 293
Ano: 2011

"Zoey sofre um acidente de carro e no dia seguinte, descobre que não consegue se lembrar de nada que acontecera na noite anterior: Teria ela ido para o estacionamento da praia com Brandon, como ela planejara? E, se tivesse, porque então parecia que Brandon a estava evitando? E porque Doug - entre todas as pessoas de repente agia como se algo significativo tivesse acontecido entre os dois? Zoey ficava aterrozida só de pensar em admitir que tudo estava em branco em sua mente. A contida e meticulosa Zoey começou a rapidamente, perder o controle dos detalhes mais importantes de sua vida - uma vida que parecia ausente de Brandon, e cheia de Doug".

Quando ouvia todo mundo falando bem da Jennifer Echols, não imaginava que era isso que eu iria ver no final. Eu adorei o livro. Superou em muito todas as expectativas que eu tinha.

Se eu falar que devorei o livro é capaz de vocês não acreditarem. É muitoooo bommmm mesmooo!! :)

Acho que todo livro tem uma boa lição para nos contar. Antes de iniciar a leitura na aba estava escrito "Jennifer Echols é autora de dramas românticos adolescentes". Eu só consegui pensar "Caraca, eu vou adorar esse livro!!", porque eu ADORO um drama-bem-melodramático.

"Como Fui Esquecer Você" nos leva até o mundo de Zoey. Sua vida está de cabeça para baixo, quando sua mãe tenta o suicídio logo após o divórcio, essa menina se vê obrigada a ter que ir morar com seu pai que acabou de engravidar Ashley, sua nova namorada de 24 anos.

Ela está perdida. Presa em uma louca paixonite por Brandon, que é seu confidente. Devo dizer - um canalha de verdade! Pois o cara, é um cafageste que acha que as garotas são brinquedos. Não entendi de onde Zoey tirou que ele era maravilhoso. Será que é só por ser jogador, atlético? Ai meu deus, essas menininhas são tão burras! (tá desculpa o desabafo *).

Uma noite, ela se vê envolvida em um acidente e no dia seguinte, descobre que não consegue se lembrar de nada. Só lembrava vagamente de Doug tirando-a do meio das ferragens, e só. Como seguir ir em frente? Em muitos momentos tive pena dela, por ser tão sozinha, não ter ninguém para contar. Apesar dela ter as gêmeas Lili e Keke, que na verdade são mais loucas que amigas... :) elas tiram boas risadas da gente. Desse mode, Zoey luta da única maneira que conhece, usando sua famosa atenção aos detalhes para certificar-se de que consiga sobreviver e entender o que realmente aconteceu naquela noite.

Doug passa a agir diferente. Antes era o temível Doug que ninguém queria se aproximar pois tem um passado "diferente", a tratava com frieza e distância, a insultava na escola. E agora, entre todas as pessoas, de repente, age como se algo significativo tivesse acontecido entre os dois.

Eu passaria o resto da minha vida falando maravilhas do Doug. Sério meninas, se você não está interessa em ler o livro da Echols, dê uma chance ao Doug, ele vai te cativa como me cativou. Não só por ser gato, ter os olhos azuis como o oceano e nem por ser bronzeado porque faz parte da equipe de natação, mas sim pelo seu jeito modesto e simples de ser. Ele consegue bater recordes de afetividade mesmo quando tenta de todas as formas ser um grosso. Ele é um cara inteligente em muitos aspectos.

Quote: "Você tem razão. Eu não dei. Porque sei julgar muito bem o caráter de uma pessoa. Porque, três anos depois, você ainda está contra mim, impedindo-me de ser contratado como salva-vidas no parque do seu pai" (página:142)

Para mim 'Como Fui Esquecer Você' é o tipo de livro que até as mínimas coisas que você tenta falar pode se transformar em spoilers. Por isso me desculpem se não conseguir atingir o alvo da resenha. Mas se confiar na minha opinião: leiam para entender o que eu disse! OMG, é tão lindo ver Zoey e Doug se aproximando. É lindo! Zoey me irritou em alguns momentos... Oohh garotinha cega! Mas isso não me fez odiá-la, porque não é fútil, e só isso já ganha 50% da minha simpatia.

Jennifer Echols é a minha mais nova diva literária. Adorei cada página! Um livro com uma capa divina! Editora Pandorga fez um excelente trabalho.

Quote: "Você transou com Brandon na mesma noite em que sua mãe engoliu um frasco de comprimidos para dormir. Para mim, isso não parece que você tenha transtorno bipolar. Parece apenas que você está meio perdida. Não maluca. (página: 185)

Por que não dá para escolher o que esquecer e o que lembrar? Com  certeza eu não escolheria esquecer ele... :)

Gostei e muito. Tomara que Endless Summer seja traduzido em  breve.

3 comentários:

Evellyn disse...

HUhau Lisse!
Foi vc eu ou que escreveu 'eu ADORO um drama-bem-melodramático. ' hauhauhauahu bate aqui amiga o/
Ahh gostei de saber da Zoey... e sabe, esse livro ja li outras resenhas e todo mundo reclama! Que bom q vc gostou pq tb acho q vou gostar, parece uma historia boa! HUahua Doug tem passado misterioso? Adoooro!
Leia o outro dela por enquanto 'Longe Demais' - esse so vejo elogios mesmo!

Bjss
Hey Evellyn!

Nanda Meireles disse...

Oie! Que resenha linda!

Me deu vontade de ler agora o livro, rs. Amo o gênero. Já anotei aqui como "leitura urgenteee" =P

Beijos, linda!

Luciana disse...

Gostei muito desse livro e o "longe demais"
Pena nao ter outros dessa autora ja traduzidos!
Bjs!







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!