Eu li: Sou Toda Errada

segunda-feira, novembro 29, 2010


Título: Sou Toda Errada
Autora: Tammy Luciano
Editora: Imprimatur
N° de Páginas: 134

Jovem, linda e rica, Mila tem orgulho da sua vida fácil e faz questão de aproveitá-la ao máximo. Entre festas, namoros e voltas no shopping, seu estilo de vida é igual ao de qualquer patricinha da zona sul – até que conhece Neco, e com ele, o amor. Os dois vivem uma paixão conturbada, um namoro marcado por loucuras, brigas e ciúme doentio. Mas quando ela menos espera, sua alma gêmea diz adeus, dando fim à relação.


Pela primeira vez, Mila se vê sozinha, sufocada pelas memórias do namoro. Faculdade, amigos e cartões de crédito já não lhe trazem mais alegria, nem expulsam por um segundo o ex da sua mente. Agora, Mila é obrigada a encarar o vazio da própria existência fútil. Transtornada, ela se entrega num ritmo alucinante a festas, ao álcool e ao sexo inconsequente, tentando aliviar a dor. Obcecada pelo ex, se envolve numa espiral de confusões, mentiras e manipulações, tudo para obrigá-lo a voltar. Será que ela vai conseguir?



Nunca foi tão difícil falar sobre um livro como será falar sobre SOU TODA ERRADA. Não que o livro seja ruim, muito pelo contrário, é ótimo. Acho que a única palavra que se encaixaria melhor para descrevê-lo seria: INTENSO.

Mila pode não ter nada haver com você, porque ela é uma patricinha da zona sul, rica, bonita e jovem, mas os sentimentos dela em alguns momentos você pode se deparar com algo parecido com aquilo que você mesma sente. Porque, quem nunca se sentiu no fundo do poço  depois de um relacionamento desfeito? Quem nunca sonhou com um vingança bem feita?

Nossa protagonista tem muito orgulho da vida fácil que leva, e faz questão de aproveitá-la ao máximo entre festas, namoros e idas ao shopping. Tudo parecia estar no seu lugar, até conhecer Neco, e com ele, o amor. E passam a viver um conturbado namoro marcado por loucuras, brigas e um ciúme doentio. Mas quando ela menos espera, sua alma gêmea diz adeus, e quando dá por si, Mila se encontra sozinha mesmo estando rodeada por pessoas. Tudo que antes era importante como amigos, faculdade, cartões de crédito já não tem mais o mesmo valor. O que sobrou foi o vazio da sua própria existência e as memórias de um amor perdido que a sufoca e perturba.

Aí você pode pensar: "O que isso tem de tão especial? Alguns já foram abandonados e sobreviveram." Mas é porque você não conhece a Mila. De uma garota normal ela passa a ficar transtornada e passa a viver num ritmo alucinante, quando Neco a abandona. E quando ela já cansou de fazer burradas e você já está cansada de chamá-la de burra e inconsequente, ela já está aprontando denovo, ou só está começando. Imoderação alcóolica e sexo inconsequente são algumas das suas tentativas de aliviar a dor que a consome.

Sua obssessão pelo ex não tem fim. Fiquei com muita pena do Neco em muitas vezes, mas por outro lado tentei ver o ponto de vista dela, e a compreender (ou tentar, pelo menos!). Em outros momentos a achava totalmente inconsequente e ERRADA, pois ela parece um carretel de confusão, brigas, mentiras, manipulação, tudo para obrigar seu ex a voltar.

Adoro livros escritos em primeira pessoa, o que o torna tudo mais pessoal. Não sei, uma coisa de pele, que faz você ser capaz de sentir aquilo que o personagem sente, como se fosse com você. Tammy foi perfeita e impecável ao dar vida a uma personagem tão intensa como a Mila; conseguiu que eu amasse e odiasse a personagem de uma forma que fiquei muito surpresa. Precisamos de mais escritores assim no Brasil.

Só posso dizer que foi amor. Amei tanto, que SOU TODA ERRADA merece uma releitura, uma não, várias.

Tomara que tenha conseguido passar tudo o que senti com a leitura. Desculpas se não consegui, foi intenso de verdade!

XOXO,

2 comentários:

Dri disse...

Ah esse é um livro que eu quero muito ler. Escolhi-o num mês no Desafio literário 2011.

Beijão!

Viviane Freitas disse...

Lisse!
Eu quero muito, muito, muito esse livro. Pretendo comprar ainda este ano. Gostei muito da temática e todos elogiam a forma que a Tammy escreve.
Gostei muito da sua resenha.

Beijos!
Vivi







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!