Eu li: Amores Incertos

sábado, novembro 13, 2010



Título: Amores Incertos
Autora: Roberta Polito
Editora: Europa
N° de Páginas: 240

"Duas mulheres lutam pelo amor em busca de um companheiro que tenha um pouco de romantismo. Essa situação, tão comum ao longo dos tempos, ganha contornos diferentes em Amores Incertos, que retrata o mundo moderno em que mulheres assumem novos papéis, enquanto homens se mostram mais inseguros. Família, jogos psicológicos, paixão e estabilidade marcam esta história que reflete sobre homens e mulheres da atualidade. Um romance com o qual irá se identificar e terá a oportunidade de conferir como tem levado sua própria vida."

Roberta Polito (site da autora) começa seu primeiro romance nos mostrando que no mundo atual, com homens em crise, duas mulheres lutam em busca do amor. Buscam um companheiro que tenham um pouco de romantismo.

Esse livro ficou na minha estante me olhando por muito tempo. Ele me olhava e eu o olhava, mas sempre acabava pegando outro e deixando esse pra lá. Não sentia muita confiança na história e nem conhecia a escritora, nem queria começar a leitura e abandonar. Odeio fazer isso! Porém qual foi minha surpresa quando iniciei e não quis mais parar.

Marina reflete os anseios de boa parte das mulheres modernas. Muito objetiva, trabalhadora e faz o que gosta, batalhadora pois quer dar uma boa vida ao seu filho e marido, sem deixar o romantismo de lado. Como boa profissional que é, investe em um curso na bela Toscana, Itália, não imaginando o que a eserava apartir daí, sua vida viraria do avesso. Seu marido, Edu, mostra toda insegurança e fraqueza ficando sozinho no Brasil.

Nunca tinha lido nada sobre uma mulher, mãe, esposa que precisa lutar pelo sustento de sua família pois seu marido está enfrentado problemas financeiros mas que ao mesmo tempo não esquece de si. Uma mãe que cai em si e passa a entender que seu filho precisa que a mãe esteja mais presente. Isso é vida real! Pode estar acontecendo em qualquer canto desse mundo. Esse livro pode facilmente se enquadrar no gênero Mom Lit, algo como literatura da mamãe.

A história de Marina e Edu não é aquela contada na escola quando eram jovens e se amavam loucamente. Não! É a história de um amor maduro que já enfrentou e enfrenta barreiras. E no meio dos dois, Pedrinho, o filho deles que é um fofo mas ao mesmo tempo muito maduro e esperto.

Enquanto isso, entra no enredo, Luca. Salva-salva, um italiano uau, sensível, especialista em arte, usa seu refinamento para seduzir Marina. Romântico e com uma lábia maravilhosa que toda mulher se encantaria e se atiraria nos seus braços \o/. Como professor de arte, acho que eu nunca me concentraria nas suas aulas, tipo tudo bem... mas o que Roberta transmitiu foi fantástico, ela faz você viajar e imaginar tudinho. Claro que a internet foi um excelente recurso que me ajudou a visualizar aquilo que eu ainda não conhecia ou não entendia. Me senti dentro da Itália, e muito conhecimento é passado, isso é cultura!!

Seu casamento e um homem sedutor não são seus únicos problemas. Uma mulher obsessiva e calculista cruza seu caminho com um objetivo bem claro: viver um grande amor. Quando essa fulana entra na história isso me deixou muito confusa pois a autora não identifica a tal mulher, mas tudo vai clareando com o passar das páginas. Roberta Polito foi muito perspicaz e sutil que quando o leitor saca o que está acontecendo, fica de boca aberta. Bom, pelo menos eu fiquei. Fiquei sem saber o que fazer, para quem torcia, imaginei mil finais mas não conseguir superar a autora.

Então, para quem assim como eu estiver indeciso de deve ler ou não Amores Incertos, eu digo: "LEIA SIM!" Agora de preferência, porque esse livro se tornará um amor mais do que certo para quem lê. São 240 páginas bem temperadas com amor, amizade, mistério, loucura e um final que me deixou muito feliz apesar de ser surpreendente.

Eu recomendo!!

XOXO, 

2 comentários:

Juh Oliveto disse...

AAAH, LISSE!
Sua resenha me deixou muito curiosa pra ler, DE VERDADE!
ADOREI. Entrou pra minha listinha ;)

Beijocas!
Juh Oliveto
Livros & Bolinhos ~

Cíntia Mara disse...

Eu amei Amores Incertos :D Nossa, o que é aquele final? Não consegui tirar os olhos até descobrir o que realmente tinha acontecido.
Bjos







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!