Eu li: A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

sexta-feira, outubro 22, 2010


"Pela primeira vez Stephenie Meyer oferece aos fãs uma nova perspectiva do universo de "Crepúsculo". Na voz de Bree Tanner, uma jovem vampira integrante do violento exército de recém-criados que assola a cidade de Seattle no terceiro volume da série, "Eclipse", somos apresentados ao lado sombrio da saga.
Bree vive nas trevas, sedenta por sangue. Não conhece sua verdadeira natureza e não pode confiar nos de sua espécie. Sua breve história acompanha a semana que antecede o confronto definitivo entre os recém-criados e os Cullen - a última semana de sua existência."


São 192 páginas de um livro é esplendoroso. Apesar de sabermos o final, ou seja, a morte da Bree; percebo que ela merecia mesmo uma segunda chance.

Na verdade, não queria lê-lo. Só li porque meu amigo Chris disse que eu não ia me arrepender e ficou me enchendo o saco. Arrependimento foi uma coisa que não senti, porque o livro é muito bom. Bom mesmo! E sem exageros.

Bree Tanner é uma jovem que estava no lugar errado e na hora errada. Como acontece com todos os recém-criados, tem uma vaga lembrança de como era sua vida anterior, antes de ser mordida por aquele que a criou, Riley.

Riley como todos sabemos é aquele cara (que é um gato por sinal!) que é mordido pela Victoria, na intensão de criar um Clã de Recém-Criados para lutar com o Clã dos Cullens. E é isso mesmo que ele faz pela sua "mestra".

Sua vida é tão singela que me fez lembrar da Bella Swan. Ela é uma vampira que vive só para si, não tem nenhum a pretensão em relação a si própria ou com relação ao que os outros pensam; é muito autosuficiente, inteligente que fiquei pasma. Foi algo totalmente diferente do que estamos acostumados na Saga Crepúsculo, onde os recém-criados só pensam em SANGUE.

Fica no seu cantinho à espreita de um recém-criado chamado Fed, lê livros para passar o tempo, quando pode sair para se "alimentar" sai e segue as regras, tudo direitinho. E é numa dessas saídas que ela conhece Diego, um recém-criado fofissímo, por quem ela se apaixona, ou melhor, descobre o que é o amor. E passam a dividir uma "vida" solitária por uma "vida" de diversão e amor.

É um livro curto, que acaba deixando agente com um gostinho de quero mais no final, mas não me arrependi de nada. Foi um leitura boa e rápida.

Nesse livro descobrimos mais sobre Riley, e como se apaixonou pela louca da Victoria, e como fez para persuadir os RC e suas táticas de manipulação. E Victoria sempre à espreita, sem mexer um dedinho e nem bagunçar seu cabelo, só dando ordens!

Essas foram minhas impressões do livro, espero que todos tenham gostado!

XOXO,

1 comentários:

Lariane disse...

Primeiro tenho que ler Crepúsculo e cia... Acredita que ainda não li?


Desculpa estar meio sumida daqui, mas trabalhar e estudar cansa. Meu próximo pedido de niver é um dia de 36 horas, será que ganho?

Beijos e ótimo final de semana,
LAriane - Leituras & Devaneios – WWW.leiturasedevaneios.com.br







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!