Eu li: Souvenir

sábado, junho 12, 2010


"Adolescentes. Carson McKay e Meg Powell são loucos um pelo ouro. Até que, aos 21 anos, ela anuncia que vai se casar com outro homem. Carson, atordoado,  mergulha na música para afogar suas mágoas, o que acabará por fazer dele um grande astro do rock. Meg se entrega ao papel de esposa, mãe e dona de casa para o homem que, secretamente, salvou sua família da ruína. e vinte anos se passam."


Primeiro quero contar a história de como esse livro chegou nas minhas mãos. Lá estava eu com minhas amigas numa feira de livro e eu fiquei em dividida entre esse livro e "O Homem dos meus sonhos", e escolhi esse.
Comecei muito empolgada com o romance de Meg e Carson mas logo o livro me decepcionou e diminui a frequência da leitura. Não que o livro seja ruim, não é bom. Mas não gostei das escolhas que a protagonista fez, eu faria totalmente o contrário.

Através de um drama muito bem escrito, que te arremete a três personagens diferentes: Meg, Carson e Savannah, a escritora Therese Fowler, é capaz de escrever três histórias em uma, e fazer você chorar, se irritar querendo jogar o livro na parede, te faz se condescendente, e entre outras emoções.
Presa a um casamento rotineiro, Meg Powell divide seus dias entre cuidados com o pai viúvo, com sua rotina médica e com a filha adolescente, cujo violento despertar da sexualidade inspira preocupações.
Muitos anos Carson McKay, agora um astro do rock, volta à cidade natal para cuidar  dos preparativos de seu casamento com uma mulher mais jovem. Essa são duas vidas completamente distintas. Mas, um dia, duas décadas antes, Meg e Carson haviam sido unha e carne. Namorados de adolescência, formavam o típico casal que todos esperam ver casados ao completarem 21 anos. Pelo contrário: ao chegar à maioridade, Meg anunciou repentinamente que iria se casar com outro homem. O motivo - necessidade financeira - nunca chegou ao conhecimento de Carson. Magoado, ele abraçou a música, caiu na estrada e ganho o mundo.Agora Carson está de volta e a ponto de dar um significativo passo na vida. É justamente quando Meg faz uma descoberta que irá perturbar o equilíbrio de todos à sua volta. E a lembrança do primeiro amor poderá se tornar realidade um última vez.

Meg é uma protagonista diferente, que mantem uma rotina louca, mas continua presa ao seu passado. Carson foi alguém muito indefinido para mim, achei estranho, só o que ficou claro foi seu amor pela protagonista. Já Savannah foi algo totalmente inesperado, algo louco, que me fez ficar apreensiva também.

Na contra-capa do livro tem uma pergunta: "E se a única pessoa que pode ajudar você fosse aquela cujo coração você partiu?"

Preciso dizer mais alguma coisa? Acho que não! hehe. Quem já leu e o que achou?

XOXO,

1 comentários:

ALINE disse...

Oi Clarisse! Que legal q vc gostou do meme, pode ficar à vontade para aderir e para "roubar" o banner hehehe. Gostei muito do seu blog e já estou te seguindo, tá! Podemos trocar links se vc quiser! Já vou te linkar, ok!

Bjo!

Aline - escrevendoloucamente.blogspot.com







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!