Eu Li: Apenas Ensina-me

 
"Apenas Ensina-me" é um daqueles livros que eu tanto gosto que me faz refletir e chorar copiosamente, que faz com que o leitor não tenha palavras para explicar como é bom, o que fez com a sua cabeça e sentimentos.

O livro transcorre numa duração de 53 anos contando a história da família Monteiro. No ínicio ainda sem ser Monteiro, apenas descrevendo a história de duas grandes amigas, Sílvia e Antônia, que são inseparáveis. Cuidam uma da outra demonstrando cuidado, amor e uma lealdade de dar inveja.
Sílvia, a linda e desenvolta mas que tem problemas de saúde; e Antônia, a tímida e carinhosa que cuida de Sílvia como se fosse parte fundamental da sua vida. E entre elas Milton, o carinha por quem Sílvia é perdidamente apaixonada.

E por aqui eu acabo com a descrição dos personagens porque se eu me empolgar, e tenho certeza que sairão muitos spoilers e isso não é muito legal! rs

Tocante, singelo e muito gracinha descreve muito pouco o que senti ao passar menos de 24 horas grudada no livro de Dayane Ribeiro; pois a autora soube explorar muito bem cada aspecto da personalidade e da vida de seus personagens. E com a sutileza de poucas autoras transformou uma simples história em um aventura fantástica que vai fazer muitos leitores se emocionar e refletir. Simplesmente lindo!!

Antônia tem muitas características que me agradaram muito. Uma mulher forte, que até exclui seus sentimentos por amar tanto uma pessoa que sempre fez parte da sua vida. A achei fraca em alguns momentos mas me sentia tão bem lendo sobre ela, que a empatia me fez compreendê-la melhor. O que sentia era tão puro que doia, e o fato de se sentir "obrigada" a cuidar de tudo e de todos e esquecer de sim mesma era pior ainda. E digo mais, eu faria a mesma coisa! Aliás, eu fiz a mesma coisa... esse livro trouxe-me recordações muito boa!
"Ela sentia que se tivesse os dois ao seu lado poderia ser qualquer coisa, fazer tudo, pois eles eram corajosos, inteligentes e idealistas, e embora ela não o fosse, com eles ela sentia que também era especial"
Nunca me esquecerei de como "Apensas Ensina-me" tocou meu coração. E uma característica da escrita de Dayane que me cativou muito foi como ela conseguir desenvolver muito bem um único narrador mostrando váriios pontos de vista diferentes. Achei excelente! Ela não se perdeu e nem tornou a leitura monótona. Ficou perfeito e muito claro!

As frases que iniciam cada capítulo deu um ar de maestria a história e que tinha tudo a ver com a temática do livro. E que título mais apropriado! Esse livro me deixou sem palavras... O que devo dizer além de "Obrigada Dayane"?

Fica minha super recomendação para que todos leiam. Esse livro já está disponível pela PerSe, compre já o seu! Conheça a página do livro no Skoob!

Quotes:
"Quando amamos uma pessoa, qualquer parte dela nos é valiosa"
"Ame sem medo, sem esperar retribuição, apenas ame" 
"Sabe amor, eu finalmente entendi que amor não é uma questão de merecer, e sim de amar, e se você sempre me amou... eu tenho mais é que agradecer e não questionar!"
"Mesmo com todas as imperfeições eu o amava, eu viveria aquela vida dura quantos anos fossem para tê-lo comigo, porque quando ele sorria para mim, quando ele dizia que eu era a porção de vida e saúde da vida dele, eu perdoava e esquecia tudo. Isso não é colocar alguém em um pedestal, isso é amar apesar dos defeitos. O que você sabe sobre isso?" 

3 comentários

Daiane Santo disse...

Olá, tudo bem?

Meu nome é Daiane e estou visitando a sua página a fim de lhe convidar para conhecer o meu blog, "Escritos e Vida". Nele há resenhas literárias, contos, opiniões e escritos que escrevo sempre que quero "parir" um texto. Espero que possa conhecer minha página e, quem sabe, seguir meu blog, para que assim possamos trocas experiências e interpretar a vida através de vários focos. Afinal, assim aprendemos sempre.


Escritos e Vida

www.escritosevida.blogspot.com

Atenciosamente,

Daiane.

Raquel Garcia disse...

Não conhecia o livro, mas parece ser um bom livro. Acho legal quando tem frases no ínicio dos capítulos.
A única coisa que não gostei foi da capa, uma pena.

Jessica Asato disse...

Aah que fofo! Detalhe que amei o título, muito legal! Ele foi lançado?? Sucesso para a autora (que aliás, não conhecia)!

Beijos! ;*