Eu Vi: Cartas para Julieta

Ficha Técnica:

Título Original: Letters to Juliet
Elenco: Amanda Seyfried, Gael García Bernal, Vanessa Redgrave, Christopher Egan, Daniel Baldock, Ashley Lilley, Franco Nero, Anna Kuchma
Produção: Ellen Barkin, Mark Canton, Eric Feig, Caroline Kaplan, Patrick Wachsberger
Diretor: Gary Winick
Roteiro: Jose Rivera, Tim Sullivan
Fotografia: Marco Pontecorvo
Trilha Sonora: Andrea Guerra
Duração: 105 min.
Ano: 2010
País: EUA
Gênero: Romance
Distribuidora: Paris Filmes
Estúdio: Summit Entertainment / Applehead Pictures
Classificação: 10 anos

"Sophie (Amanda Seyfried) uma garota americana que vai passar as férias na Itália descobre uma não-respondida carta para Juliet uma das milhares de longas cartas deixadas por um personagem de ficcção conhecido como amante de Verona que normalmente são mais respondidas pelas secretárias de Juliet. A garota então sai em busca dos amantes destas cartas."
Muitos ingredientes me fizeram voar na locadora para ver esse filme. Quando botamos juntos: Shakespeare e muitas cartas, tudo fica mais bonito.
 
O filme conta parte da vida de Sophie (Amanda Seyfried), uma nova-iorquina responsável por checar informações para um jornal, mas que sonha em escrever suas próprias histórias para o periódico. Ao lado do noivo latino Victor (Gael Garcia Bernal), ela parte em uma viagem de férias para Verona, Itália, em busca de uma romântica pré-lua-de-mel. É exatamente nesta cidade que a protagonista do livro mais romântico de Shakespeare foi criada e é nela também que Sophie encontra as secretárias de Julieta, um grupo de mulheres contratadas pela Prefeitura, responsáveis por manterem o mito vivo, respondendo às inúmeras cartas amorosas deixadas por moças de todos os lugares do mundo.

Ela acaba achando uma carta deixada há 50 anos por uma apaixonada jovem inglesa incapaz de levar seu amor além. Decide, então, respondê-la e recebe, poucos dias depois, a visita da agora velha, mas ainda esperançosa Claire (Vanessa Redgrave). Acompanhadas de Charlie (Christopher Egan), neto de Claire, elas saem em direção a Toscana em busca do encontro separado por meio século, com o amado Lorenzo. A viagem, porém, desencadeará mudanças na vida de todos eles.



As paisagens são encantadoras. Um tour por Verona que faz o expectador quer ir para lá no mesmo momento. Quando Sophie chega na cidade e encontra a Casa da Julieta, eu fiquei tipo "ah?" porque a pessoa aqui não sabia que existia. E o mural onde as jovens apaixonadas colocam seus pedidos de ajuda para a Julieta foi de partir meu coração (foto acima). Achei  muito fofo... eu com certeza colocaria um recadinho lá!

“Cartas para Julieta” foi muito melhor do que eu achei que fosse. Além de romântico, ainda dá esperança para aqueles que pensam que não podem mais amar. Li péssimas críticas sobre esse filme, e achei que todos forma extremamente errados!! (Eu não sempre digo que agente tem que ver por si mesmo, independente da opinião dos outros? Eu tenho razão!) Mas o filme não foi todo perfeito para mim.

Uma decepção foi o Charles. E fiquei muito triste pois esperava mais da personalidade do personagem que os roteiristas deram para ele. Quando você ouve falar de um inglês - apesar de várias pessoas falarem que são frios e tudo - mas diante das circunstâncias, eu esperava que ele fosse mais maleável. A vó está passando por uma situação difícil, e espera por apoio e ajuda, e ele é totalmente insensível.

Como a Sophie conhece as secretárias da Julieta também foi um encanto, pois eu nem fazia ideia de que elas existiam. Sabia que tinha "A Casa da Julieta" onde as pessoas iam para tocar o seu seio pois isso dava sorte no amor; mas que as mesmas deixavam bilhetinhos pedindo ajuda e tal, isso eu desconhecia. E achei esse trabalho incrível!! Eu gostaria de ser uma delas. Dá esperança e consolo para os que sofrem de um coração partido é a coisa mais fofa que existe. (Não liguem não, eu sou uma romântica e minha doença não tem cura!)

Uma das coisas que eu também não sabia é que tem um livro com a capa do filme. Fiquei sabendo quando a Juh Oliveto fez uma resenha sobre o livro que foi muito fofo. Como eu não comprei o livro, vou deixar o link aqui do post do Livros & Bolinhos para quem quiser conferir. Vale à pena!
 
"Quero acreditar que, se um dia eu sentisse esse amor teria coragem de agarrá-lo." 
  • Trilha Sonora:

Não curti muito a trilha sonora. Sempre é uma das minhas partes favoritas, e se não fosse a música da Taylor Swift - "Love Story" - seria um fracasso. Eu adoro essa música...
 

 
Espero que você, caro leitor, também  goste muito do filme! Se gostou deixe sua opinião aqui e se não gostou também...

4 comentários

Eliane disse...

Eu tb assisti o filme e amei. Adorei as paisagens mostradas no filme. Me deu uma vontade louca de ir lá conhecer.

Beijo

Eliane (Leituras de Eliane)

Daniela Tiemi disse...

Apesar do final clichê (mas msm assim, bem fofo), eu adorei este filme! Sou apaixonada pela Itália, cada lugar lindo... rs.
Bjo.
http://omundodetinta.blogspot.com/

Simone Santiago ( Luka ) disse...

Lisse, esse filme é lindo demais !!!
Eu adorei :-)
É tudo que você disse e mais um pouco rsrsrs

Bjs

Cíntia Mara disse...

Quero assistir! Mas sou tãaao preguiçosa pra filmes, hehe.